fbpx
financiamento empresa

A gestão da sua empresa tem sido condicionada pelo feedback que tem obtido do seu Banco?

Tem procurado soluções para apoiar a tesouraria da sua empresa ou então para realizar investimento na sua atividade mas sente que o seu Banco tem mostrado pouca recetividade em o financiar.

Alternativamente, até teve a recetividade do seu Banco para o financiar, mas considera que as condições apresentadas, quer em montantes, quer em prazos de reembolso, taxas de juro e comissões são bastante restritivas.

O que fazer nestas situações?

Objetivamente, assumindo que na perspetiva do seu banco, quanto mais risco envolvido na empresa/operação bancária, maior é o "prémio" exigido pela via das taxas de juro, deve preocupar-se em analisar o seguinte:

Capital Próprio da Empresa

Analise se o capital próprio da sua empresa é suficiente quer para financiar o risco do negócio, quer para manter um nível de solvabilidade aceitável que dê garantias ao seu Banco da recuperação do montante de empréstimo concedido.

Ativo

Verifique se pode promover o aumento da rotação de vários elementos do ativo. Nomeadamente, stocks, dívidas de clientes ou até mesmo imobilizações, libertando progressivamente meios que resultará no aumento da liquidez da empresa e na diminuição da necessidade do recurso a financiamento bancário.

Pela via da redução da exposição a crédito bancário conseguirá uma redução dos encargos financeiros, a melhoria da autonomia da empresa e respetiva solvabilidade.

Risco da Empresa

Melhore continuamente a operacionalidade do negócio o que resultará na redução da estrutura geral dos seus custos e consequentemente do risco da empresa.

Fornecedores

Teste a sensibilidade do aumento do crédito a fornecedores. Contudo, sem prejudicar a sua política de aprovisionamento, imagem da sua empresa junto dos seus parceiros, e custo final.

Custo de oportunidade: o aumento do custo final a liquidar ao fornecedor no seguimento do aumento do prazo de pagamento, deve ser inferior ao montante dos juros que deixará de pagar ao seu Banco. Substituirá o financiamento bancário por crédito ao seu fornecedor.

Terceirização

Poderá ser aconselhável reduzir o nível de integração da sua empresa, considerando adquirir componentes ou serviços a outras empresas, evitando desta forma o investimento em equipamentos de elevado valor e que eventualmente possam ter um nível de utilização abaixo do que inicialmente projetou.

A utilização racional de um equipamento, além da vertente produtiva, pressupõe a respetiva minimização do custo de exploração.

 

Consideração Final

Em conclusão, o Banco deseja conhecer o risco de cada projeto e o risco global que a sua empresa apresenta. Nesse sentido, deve certificar-se que não só o seu pedido de financiamento é corretamente apresentado nomeadamente no que diz respeito à finalidade e tipo de operação solicitada, como também apresenta indicadores de gestão para que o seu Banco tenha a possibilidade de conhecer a real situação da sua empresa.

Dando alguns exemplos de como o Banco procede à avaliação do risco, o que vai procurar saber:

  • Em primeiro lugar, a situação económica e financeira;
  • Depois, quais os resultados obtidos nos últimos anos e respetiva tendência;
  • Prosseguindo com a análise da solvabilidade da empresa. Focando-se na:
    • Relação entre capitais próprios e capitais alheios;
    • Repartição dos capitais alheios em montantes exigíveis dentro de o prazo de 1 ano, ou superior.

 

A proximidade com a sua empresa de contabilidade, na medida em que é proporcionado uma forte componente de apoio à gestão da sua empresa, é um aspeto muito importante.

A relevância que os relatórios de gestão assumem no seu contexto de gestão não devem ser negligenciados. Através deles, terá assiduamente uma visão holística da real situação da sua empresa, havendo inputs adicionais que são dados, através do seu contabilista certificado, seja na customização dos relatórios de gestão para uma vertente de controlo de gestão, seja pela proximidade que é feita à gestão da empresa, permitindo atuar corretivamente com a devida antecipação ou projetar a sua empresa para um desempenho ainda mais eficiente.

0 Partilhas
Tweetar
Partilhar
Pin
Partilhar