fbpx

A RCR Contabilidade, empresa especializada em soluções de contabilidade inovadoras, é esta semana no Jornal de Matosinhos, na área de “Empresas e Negócios”.

Um dos nossos sócios fundadores, Rogério Rêga, teve oportunidade, além de apresentar a RCR, de dar a sua opinião sobre alguns aspetos que ditam o novo paradigma de trabalho de um contabilista e o papel que ele assume para as empresas enquanto parceiro estratégico.

Leia a entrevista completa!

 

O que a torna diferente de todas as outras empresas de contabilidade?

Desde sempre, afirmamos que a contabilidade é um instrumento valioso de gestão para as empresas. Mais do que o simples pagamento de impostos e tratamento contabilístico, conseguimos sempre através do aconselhamento especializado e da introdução de melhorias tecnológicas no serviço da contabilidade criar condições para os nossos clientes tomarem decisões bem informadas e com isso terem mais tempo para gerir as suas empresas. A nossa experiência demonstra isto, mesmo que as empresas não tenham essa noção imediata.

 

Mais de 25 anos de experiência. Qual o segredo para essa longevidade?

Não definiria como segredo, mas sem dúvida que o rigor e a proximidade que temos com os nossos clientes fazem toda a diferença, no nosso entender. Fazemos questão de trabalhar com os nossos clientes numa base preventiva.

Basicamente, somos exigentes com os nossos clientes. Exigimos deles que nos forneçam os elementos necessários para que lhes possamos disponibilizar informação atempada que lhes permita gerir melhor as suas empresas, não só do ponto de vista de resultados, como de planeamento a nível fiscal, de tesouraria e de orçamento.

Os clientes apreciam este tipo de relação e vão-nos recomendando. Temos clientes que nos acompanham há mais de 20 anos e é engraçado um fenómeno que temos vivido recentemente: filhos dos nossos clientes mais antigos também já começaram a trabalhar connosco.

 

Então isso quer dizer que têm vindo a adaptar os serviços que prestam a esta nova geração de gestores?

Temos vindo a adaptar algumas características e componentes dos nossos serviços de contabilidade, não só para que se adaptem melhor à forma de nos relacionarmos com gestores mais jovens, mas também que seja condizente com o tipo de serviço que deve ser prestado hoje em dia e que principalmente seja valorizado por parte dos empresários.

 

Concretamente?

Em primeiro lugar, com o nosso serviço de contabilidade online. Disponibilizamos gratuitamente este serviço para que sempre que necessário o cliente possa ter acesso a balanços, demonstrações de resultados, balancetes, extratos de contas, indicadores e análises financeiras, relatórios financeiros mensais, etc.

O cliente não tem que perder tempo a solicitar-nos documentos. Pretende um documento, acede à plataforma e faz o download. Simples!

Depois dispomos de um serviço de notificações por SMS que permite aos nossos clientes ficarem descansados e avisados sobre eventos fiscais e contabilísticos importantes para a sua gestão.

Disponibilizamos também um software de gestão comercial grátis. Numa fase de arranque das empresas, ou com a perspetiva de redução de custos é importante considerar esta oferta uma vez que com este software possibilita uma visão geral das principais áreas da empresa: vendas, stocks e compras.

Por último o pressuposto dos gestores estarem mais em alerta e conscientes de melhores práticas para gerirem melhor as suas empresas. Alem do serviço base de contabilidade onde apresentamos relatórios mensais traduzidos num contínuo e permanente apoio à gestão das empresas, temos também serviços complementares e de valor acrescentado como o controlo orçamental e controlo de gestão.

Tudo isto são aspetos que visam minimizar falhas nos serviços de contabilidade prestados às Micro e Pequenas Empresas?

Precisamente. A ausência de um acompanhamento próximo e continuo ao cliente vai afetar

  • 1) a ausência de informação atempada;
  • 2) atraso na notificação e pagamento das responsabilidades para com a Autoridade Tributária, Segurança Social e Outros Organismos;
  • 3) a falta de informação atempada dos resultados e desempenho da empresa
  • 4) Processos de Tomada de decisão.

 

Como referi anteriormente, fazemos questão de trabalhar com os nossos clientes numa base preventiva e somos exigentes com eles.

 

Uma empresa de Matosinhos, serve também empresas de Matosinhos?

Temos atualmente mais de 200 clientes e temos de facto muitos clientes com sede em Matosinhos. O facto de sermos de Matosinhos, não faz com que atuemos somente para o tecido empresarial matosinhense, mas apostamos claramente em angariar novos clientes desta cidade com que nos identificamos bastante.

Temos clientes em 14 cidades e 4 distritos. Por opção estratégica, diferenciamos os nossos serviços de contabilidade por setores de atividade. Existe uma matriz transversal aos serviços de contabilidade prestados, mas acreditamos que há determinadas especificidades ou exigências próprias de cada setor de atividade.

Não só nos permite atuar com uma proposta de valor diferenciada e ajustada a cada empresa, como nos permite direcionar de forma mais assertiva para o valor que podemos apresentar para empresas da cidade de Matosinhos ou concelho de Matosinhos.

 

Cite algum exemplo e quais os benefícios?

Dou como exemplo os serviços de contabilidade para o setor da restauração, um serviço especializado para cafés, pastelarias e restaurantes. Conhecemos de perto a realidade deste tipo de empresas e sabemos exatamente o que elas esperam de nós.

Portanto, refletimos isso num pacote de serviços direcionados para este tipo de empresas e que os empresários valorizam, resolvendo os problemas mais usuais da contabilidade deste sector.

 

As empresas estão recetivas a relacionarem-se de forma diferente com o seu contabilista?

No geral diria que sim, estão mais exigentes. O pressuposto deve ser dominar por completo todas as vertentes do negócio e delegar a parte contabilística… para o contabilista. Focar-se apenas no negócio.

As nossas soluções de Contabilidade foram pensadas para resolver os problemas típicos das PME portuguesas de forma simples e acessível à maior parte delas. A contabilidade não é uma obrigação, é um ativo de enorme valor para as empresas. Investir no (bom) contabilista é fundamental. É um parceiro estratégico no desenvolvimento das empresas.

Conselhos para uma empresa avaliar uma empresa de contabilidade?

Na minha opinião há aspetos chave a ter em conta: a celeridade em apresentar informação mensal atualizada que sirva de apoio ao empresário para tomar determinadas decisões em relação á sua empresa, o acompanhamento constante ao negócio e apoio na vertente fiscal. Diria que estes não são aspetos que definem a qualidade do contabilista, mas antes pressupostos que validam a qualidade do serviço prestado.

Adicionalmente diria que as recomendações podem fazer a diferença. Não só as que nos são dadas por amigos, ou parceiros, mas também aquelas que é possível recolher através de simples pesquisas na internet.

Consideração Final

Os Contabilistas devem assumir-se como fonte de informação para as empresas e para os gestores. Para isso devem estar munidos de ferramentas de gestão, essencialmente ferramentas de apoio ao gestor.

Estas ferramentas, capazes de melhorar os serviços prestados aos clientes, nomeadamente a nível do controlo de gestão e apoio estratégico, acabam por ser o móbil para que os gestores permaneçam com um bom nível de entendimento das suas empresas e com as armas certas para tomarem boas decisões.

Projetamos o serviço de contabilidade muito mais além da visão tradicional da mesma! Apostamos no melhoramento tecnológico do serviço, apostamos no melhoramento das nossas ferramentas, procuramos estar mais próximo daquilo que as empresas precisam.

O ambiente de negócios e mercados onde as empresas operam presentemente estão mais exigentes e nós estamos confiantes que somos capazes de acompanhar novos desafios.

by:
43 Partilhas
Tweetar
Partilhar
Pin
Partilhar43