fbpx

Controlo Orçamental e Análise de Desvios: Qual a Relevância para as Empresas?

Definir práticas correntes de análise de desvios orçamentais da sua empresa, permite-lhe agilizar a tomada de decisão relativamente a eventuais medidas corretivas que possam ocorrer. O desempenho da sua empresa deve estar sempre alinhado com os objetivos que define.

Consistindo o orçamento geral numa serie de orçamentos separados mas interdependentes que formalizam os objetivos de vendas, de produção e financeiros de uma empresa, o mesmo pode ser subdivido em orçamentos:

  • Operacionais – descrevem as atividades geradoras de rendimento de uma empresa, como as vendas, a produção ou a gestão de stocks, etc;
  • Financeiros – descrevem as entradas e saídas de caixa e a posição financeira global da empresa;

 

O que se segue à construção do orçamento da sua empresa

Após a elaboração do orçamento anual, é necessário proceder à sua execução e respetiva análise, garantindo assim o seu controlo. Esta análise deverá ser efetuada de forma periódica, comparando os resultados, proveitos e custos reais, com os resultados, proveitos e custos orçamentados.

Todos os gestores que executam uma gestão orçamental eficiente, cumprem as seguintes etapas:

  • Elaboração de orçamentos para todas as unidades (centros de custos e de proveitos) dentro da empresa, com o conhecimento dos gestores até à respetiva responsabilidade dos mesmos no orçamento global da empresa;
  • Comparação contínua e periódica do desempenho real versus os resultados orçamentados, de forma a serem detetados desvios ocorridos;
  • Tomada de medidas corretivas adequadas, após análise de desvios orçamentais, de forma a colocar o desempenho real alinhado com o planeado e desejado.
  • Revisão dos orçamentos tendo em consideração as alterações significativas das circunstâncias, sejam estas internas e/ou externas. 

 

A importância da Análise de Desvios

A utilização da análise de desvios e a sua a relevância serve para identificar e explicar as razões da diferença encontrada entre os resultados orçamentados e os reais. Quando o desempenho real se desvia significativamente do desempenho planeado, há que apurar as razões e se necessário, tomar as respetivas medidas corretivas.

A gestão orçamental de uma empresa pode ser vista igualmente como uma ferramenta de gestão. Os orçamentos deverão sempre ser flexíveis. Ou seja, apesar de em determinado momento construirmos o planeamento orçamental para a empresa, não quer dizer que este documento se mantenha “estático”, não considerando eventos extraordinários (sejam eles positivos ou negativos).

Desta forma, para que se possa calcular desvios operacionais significativos, os orçamentos devem ser flexíveis para refletirem com mais precisão o nível de atividade atual alcançado num período.

Assumindo a gestão orçamental como uma ferramenta flexível, permite mais facilmente a identificação de vários tipos de desvios. Por exemplo:

  • Vendas;
  • Preço das matérias-primas;
  • Desvio de eficiência;
  • entre muitos outros idicadores……

 

Quais as vantagens para a sua empresa, assumindo que o seu contabilista o apoia no planeamento e gestão orçamental

O seu contabilista deve acompanhar as suas necessidades crescentes em termos de melhorar práticas de gestão. A contabilidade já lhe confere um excelente ferramenta de gestão, mas por vezes, é necessário mais informação relevante sobre o negócio.

O controlo orçamental é apenas mais uma vertente que pode considerar para a sua empresa, complementando os serviços de contabilidade que já são prestados.

Devido à complexidade do controlo de um orçamento, tendo em consideração as várias atividades existentes numa empresa e as condições externas que podem condicionar a mesma, torna-se essencial o controlo orçamental periódico, e o seu desempenho ao longo do tempo.

Os nossos clientes recorrem a serviços de controlo orçamental, tendo como objetivo:

  • Facilitar a construção do orçamento propriamente dito
  • Melhorar a análise que é feita aos relatórios periódicos
  • Compreender melhor os eventuais desvios que ocorrem/ocorreram
  • Mais rapidez na identificação e apuramento das causas dos mesmos.

Assim, e dado que eventuais desvios podem ocorrer, o controlo orçamental e a análise dos desvios orçamentais deve estar sempre “em cima da mesa” na gestão de uma empresa, pois só assim consegue identificar padrões que necessitam de ser corrigidos e de certa forma, ter mais propriedade para tomada de decisões assertivas.

Considerações Finais

Preparar detalhadamente o controlo orçamental da sua empresa e monitorizá-lo periodicamente é uma prática que já deve estar implementada na sua empresa.

A análise de desvios orçamentais assume particular relevância, dado que é fundamental a comparação entre a performance esperada (objetivos definidos) e a performance atual para um determinado nível de atividade da empresa.

Em suma, mais rapidez em identificar as causas que os originam, melhor compreensão sobre esses eventos e mais assertividade na tomada de medidas de correção. Gerir melhor, num contexto de mais e melhor informação sobre a sua empresa.

by:
0 Partilhas
Tweetar
Partilhar
Pin
Partilhar