fbpx
report mensal contabilidade

Recebe o relatório económico e financeiro mensal da sua empresa? Esta ferramenta ajuda-o a gerir melhor a sua empresa?

O Report Mensal da Contabilidade é um dos pilares estruturais do bom serviço de que deve ser prestado à sua empresa.

Implicitamente, a periodicidade “mensal” da entrega dos relatórios de gestão, pressupõe orientar os Serviços de Contabilidade para áreas onde o retorno do seu investimento é traduzido pela melhor capacidade de gerir a sua empresa.

Desse modo, quanto mais informação sobre a sua empresa – entregue de forma assídua preferencialmente – mais ferramentas de gestão tem ao seu dispor.

A aplicabilidade destas “ferramentas” é diversa. Por exemplo:

  • Análise de Desvios (Real vs. Projeções);
  • Diagnósticos Económicos e Financeiros;
  • Adoção de Medidas Corretivas;
  • Planos de Reestruturação;
  • Planeamento e Preparação de Planos de Investimento;
  • Processos de Negociação com a Banca (Análise de Risco);

É importante referir que o Report Mensal da Contabilidade deve ser orientado para as suas necessidades de informação. Nem muito minimalista no conteúdo nem muito maçador com informação de difícil análise e interpretação.

A dinâmica visual de como a informação é apresentada, assim como a relevância e timing da mesma e o despoletar de medidas acionáveis, são aspetos cruciais. Foco nos principais Indicadores de Desempenho da sua Empresa.

A Contabilidade é uma Ferramenta de Gestão para a sua Empresa.

 

Alguns KPIs que poderão constar no seu Report Mensal da Contabilidade

Tipicamente, os gestores das PMEs têm o sentimento de que seria de bastante utilidade terem mais apoio ao nível da gestão das suas empresas. Partilha do mesmo sentimento?

É importante que a Empresa de Contabilidade esteja constantemente a ajustar-se às reais necessidades da sua empresa. Por vezes é necessário escalar alguns aspetos relacionados com o serviço, tanto quanto as especificidades técnicas solicitadas por cada empresa.

Os relatórios de gestão são um desses aspetos, já que à medida que a sua empresa cresce, na mesma direção seguem as suas necessidades de monitorização efetiva do seu negócio.

Sugestão de alguns indicadores que podem constar no seu relatório mensal:

Indicadores de Eficiência

  • Prazo Médio de Pagamentos – Determina quanto tempo demora a empresa, em média, a pagar as suas dívidas aos fornecedores.
  • Prazo Médio de Recebimentos – Determina quanto tempo demora a empresa, em média, a receber os créditos que concede aos seus clientes.
  • Duração do Ciclo de Tesouraria – A otimização da duração do ciclo de tesouraria tem como base a existência de equilíbrio entre a redução dos recebimentos, prazos e condições de pagamento assim como políticas de crédito da empresa. Influencia diretamente o esforço solicitado ao fundo de maneio.

Pode ter interesse em ler a nossa publicação “Como Melhorar a Liquidez da sua Empresa“. Contém simulador para download para medir os Prazos Médios da sua Empresa.

 

LIQUIDEZ

  • Grau de Liquidez Geral – Determina qual a capacidade da empresa para fazer face aos seus compromissos de curto prazo.
  • Grau de Liquidez Imediata – Mede a capacidade da empresa, em determinado momento, em cumprir compromissos de curto prazo.
  • Fundo de Maneio – Ou a disponibilidade de uma “Margem de Segurança”, para que afira o equilíbrio da estrutura financeira de curto prazo da empresa.

 

RENTABILIDADE

  • Rentabilidade dos Capitais Próprios – Mede a rentabilidade dos recursos investidos pelos sócios/acionistas da empresa.
  • Rentabilidade Líquida das Vendas – Mede lucro/prejuízo por cada unidade vendida.
  • Rotação do Ativo – Mede o grau de utilização dos ativos, ou seja, o número de vezes que o ativo é convertido em vendas.

 

VENDAS E MARGENS

  • Crescimento das Vendas – Mede a taxa de crescimento das vendas em determinado período.
  • Margem Bruta – Mede o lucro/prejuízo obtido em cada venda efetuada.
  • EBITDA – Mede a capacidade da empresa de produzir resultados provenientes da sua atividade normal.

 

FINANCIAMENTO

  • Autonomia Financeira – Mede o grau de independência da empresa face a terceiros. Indica-nos em quanto se está a financiar o Ativo através de Capitais Próprios, ou seja, o peso do Capital Próprio no Ativo.
  • Rácio de Solvabilidade – Avalia a capacidade da empresa em solver as suas responsabilidades de curto e médio longo prazo.
  • Debt to Equity – Mede a alavancagem financeira da empresa, ou seja, nível de utilização de capitais alheiros para financiar a atividade.

Qual foi a última vez que analisou o Ponto Crítico e Margem de Segurança da sua empresa? Pode ter interesse em ler a nossa publicação “Dois indicadores para monitorizar o Risco do Negócio

 

Como o Report Mensal ajuda no Planeamento Fiscal

Aliado à análise periódica de diversos indicadores económicos e financeiros é de todo conveniente uma complementaridade com a vertente de assessoria fiscal.

Neste contexto, a análise dos potenciais impactos da performance da empresa em contexto de IRC com simulações periódicas de fecho do exercício contabilístico, pode por exemplo, impulsionar a adoção de medidas corretivas, melhorar planeamento do orçamento de tesouraria, ou até mesmo auxiliar em matéria de planeamento de futuras decisões de investimento.

Pode ter interesse em ler a nossa publicação “A importância do Planeamento Fiscal no Investimento“.

 

Considerações Finais

O apoio que recebe à gestão do seu negócio é um fator diferenciador.

A entrega dos relatórios de gestão traduzem-se na conclusão do Serviço de Contabilidade, que se inicia e encerra consecutivamente todos meses, e que dá atenção a áreas chave da sua empresa – Contabilidade, Fiscalidade, Recursos Humanos e Apoio à Gestão.

Existe muita informação que pode obter através do Report Mensal da Contabilidade que pode ser extremamente útil para monitorizar a evolução da sua empresa.

Contudo, a relevância do relatório de gestão vai além da análise histórica da performance da empresa, já que potencia comportamentos mais eficazes de planeamento estratégico e orçamentação, planeamento financeiro, fiscal… no fundo, a adoção de melhores práticas de gestão como um todo.

Salientamos sempre a assiduidade com que os resultados da empresa devem ser fornecidos, mas é também conveniente que os indicadores apresentados estejam adequados às suas necessidades de informação e de gestão.

Este benefício em prol da sua empresa poderá impactar positivamente toda a dinâmica da mesma, para que esta se torne mais sustentável, produtiva, tenha melhor performance e potencie a relação com todos os skakeholders.

0 Partilhas
Tweetar
Partilhar
Pin
Partilhar