fbpx
controlo de tesouraria

Conheça os problemas típicos que afetam a tesouraria das empresas e como ultrapassar.

O foco não devem ser exclusivamente os problemas, mas também as soluções encontradas (ou a encontrar) para melhorar o controlo de tesouraria da sua empresa.

A saúde financeira da sua empresa deve ser um objetivo. Para isso, são necessárias práticas, ou alguma atenção extra em determinados pormenores, para que tenhamos a nossa empresa no caminho certo.

O sucesso da tesouraria da sua empresa nas suas mãos!

Dicas para melhorar o controlo de tesouraria da sua empresa

 

É FREQUENTE EFETUAR VENDAS A PREÇOS BAIXOS A CLIENTES QUE PAGAM A PRONTO PARA FAZER FACE A COMPROMISSOS INADIÁVEIS?

 

Soluções

  • Reduza criteriosamente o nível de stocks, aumentando a sua rotação e, por conseguinte, mobilizar meios financeiros.
  • Defina política de crédito a clientes que tenha como objetivo diminuir o prazo médio de recebimentos.
  • Não adquira equipamentos recorrendo a crédito de curto prazo.
  • Elabore orçamentos de tesouraria periódicos e corrigidos com intuito de se detetar oportunamente as necessidades de crédito em prazo e valor.
  • Reforce o fundo de maneio recorrendo ao aumento do capital social ou contração de um empréstimo a médio prazo.

 

ADQUIRE MATÉRIAS PRIMAS/MERCADORIAS A FORNECEDORES QUE CONCEDEM MAIORES PRAZOS DE PAGAMENTO AO INVÉS DE FORNECEDORES QUE OFERECEM MELHORES PREÇOS?

 

Soluções

  • Reduza o prazo entre a entrada das matérias-primas e mercadorias em armazém e a venda dos produtos fabricados, aumentando a rotação dos capitais circulantes.
  • Implemente um plano de aprovisionamento que permita uma melhor distribuição dos pagamentos no tempo.
  • Negoceie com a banca um programa de financiamento à produção, tendo por base um orçamento financeiro elaborado, levando em conta as previsões de pagamentos e recebimentos.

 

A REALIZAÇÃO DOS SEUS INVESTIMENTOS TEM ATRASOS POR DIFICULDADES EM OBTER O NECESSÁRIO FINANCIAMENTO BANCÁRIO?

 

Soluções

  • Apresente à banca um estudo económico-financeiro comprovando a rentabilidade esperada e a garantia do cumprimento das amortizações financeiras, do empréstimo solicitado para investimento produtivo.
  • Promova uma correta repartição entre capital próprio, financiamento a médio e longo prazo e curto prazo de forma a conseguir satisfazer os pedidos de financiamento bancário e assim minimizar a dependência da empresa aos seus financiadores.

 

O MONTANTE DOS SEUS ENCARGOS FINANCEIROS SÃO ELEVADOS?

 

Soluções

De forma a reduzir o valor dos encargos financeiros…

  • Promova o aumento da rotação dos stocks e diminuição do prazo médio de recebimentos.
  • Aumente o grau de utilização do equipamento.
  • Negoceie os seus financiamentos às melhores taxas e prazos possíveis.

 

Considerações Finais

O controlo de tesouraria é dos aspetos mais cruciais no contexto de gestão da sua empresa. Além disso, está também diretamente relacionado com o sucesso da sua empresa!

É verdade que o dia-a-dia das pequenas empresas retira espaço aos seus gestores para se dedicarem de forma exclusiva a determinadas tarefas. De qualquer das formas, do ponto de vista financeiro, qualquer gestor deve adotar práticas que facilitem:

  • Analisar tendências da evolução da tesouraria da empresa e respetivo controlo;
  • Identificar aspetos que devem ser melhorados e tomar medidas corretivas.

Portanto, neste aspeto, tanto existem ferramentas de gestão de tesouraria que facilitam o trabalho dos gestores, como o seu contabilista pode ter um papel fundamental na aproximação à gestão da sua empresa, proporcionando-lhe condições para atuar num contexto de mais e melhor informação sobre a evolução da sua empresa.

Por exemplo, deve “exigir” mensalmente relatórios de gestão à sua empresa de contabilidade. No mínimo, um simples mapa de exploração para analisar!

Em suma, se já existem boas práticas de gestão e se o aspeto crítico é falta de tempo para monitorizar, deve procurar delegar funções a um colaborador seu.

Em segundo lugar, na eventualidade de ser uma questão de ferramentas de trabalho, saiba que existem no mercado soluções que podem ajudar a melhorar o controlo de tesouraria da sua empresa.

Por último, o seu contabilista também pode ser um parceiro estratégico que o ajuda a identificar aspetos que podem ser melhorados e sugere soluções para ultrapassar problemas identificados ou que possam vir a ocorrer.

Certeza é, apenas com o controlo de tesouraria eficaz evitando alguns erros, pode conduzir a sua empresa para voos mais altos.

by:
24 Partilhas
Tweetar
Partilhar
Pin
Partilhar24